Em reunião com Cosems, Secretário Tollini fala de avanços na saúde e fortalece união com municípios

Em pauta evidente, a vacinação contra a Covid-19 para adolescentes entre 12 e 17 anos, idosos de 70 anos ou mais e imunossuprimidos, também foi amplamente discutida

Fortalecendo a parceria entre Governo do Estado e Municípios, o secretário de Estado da Saúde do Tocantins, Dr. Edgar Tollini, participou nesta quinta-feira, 23, de uma reunião com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins (COSEMS) e secretários municipais de saúde de diversos municípios. Diretores de hospitais regionais estiveram presentes, dialogando sobre as demandas e necessidades da assistência em saúde prestadas nas unidades.

“Com essa aproximação, para discutirmos a estrutura de saúde, a população tende a ganhar. O que vale ressaltar é que o problema do paciente é um problema nosso, a nível de Estado. A necessidade dos pacientes, é responsabilidade de todos. O que nós queremos ressaltar é que, com essa reunião com a presença do Secretário, Superintendentes e Diretores de hospitais Regionais, ocorra mais vezes, para focarmos e trabalharmos os problemas na ponta. Não estamos buscando culpados, buscamos soluções de forma conjunta. Só avançaremos se dermos as mãos e caminharmos juntos, Governo Federal, Governo Estadual e municípios”, enfatizou o Presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins, Rondinelly da Silva e Souza.

Dentre as principais pautas expostas por Tollini está a desmobilização das unidades de terapia intensiva de Porto Nacional e Augustinópolis, transformando-as em UTIs convencionais. Portanto, não serão desativadas e sim um legado para os municípios. “Quero tranquilizar todos os gestores e afirmar que continuaremos mantendo estes leitos para proporcionar agilidade no atendimento de casos que necessitam de tratamento intensivo”, explicou o gestor.

Outro ponto importante discutido durante a reunião foi a retomada das cirurgias eletivas. A previsão é de que 2.500 cirurgias sejam realizadas entre outubro de 2021 até o mês de fevereiro de 2022 com recursos do próprio tesouro do Estado. “É necessário ressaltar que o Ministério da Saúde ainda não liberou o retorno das cirurgias eletivas por conta da Covid-19 e, nem tampouco, verbas para isso. Mesmo assim, estamos planejando a retomada, sendo as mais complexas, como cirurgias de quadril, por exemplo, a serem realizadas apenas em Palmas”, disse Tollini.

Vacinação contra a Covid-19

Em pauta evidente, a vacinação contra a Covid-19 para adolescentes entre 12 e 17 anos, idosos de 70 anos ou mais e imunossuprimidos, também foi amplamente discutida. Após nova orientação do Ministério da Saúde, emitida na noite da quarta-feira, 22, a imunização deste público-alvo será seguida pela Secretaria de Estado da Saúde, orientando todos os municípios tocantinenses nesse sentido.

“Nossa preocupação era sobre o envio de segundas doses para os adolescentes. Reafirmamos que continuaremos seguindo o Plano Nacional de Imunização, e, doravante, orientaremos todos os municípios sobre retomada da aplicação das doses de vacinas contra a Covid-19 neste público-alvo”, enfatizou o secretário de estado da Saúde.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui