Projeto Novo Estado completa um ano de obras

As Linhas de Transmissão do Projeto Novo Estado somam avanços na implantação e investimentos econômicos com geração de emprego

Um investimento aguardado há muito tempo, que trará melhoria da transmissão de energia elétrica, completa um ano de avanço. Trata-se do Projeto Novo Estado (PNE), da ENGIE Brasil Energia, que terá 1.805 quilômetros de linhas de transmissão, que abrangem 24 municípios entre os Estados do Pará e Tocantins.

“O PNE, há muito tempo, é almejado pelo setor elétrico para dar reforço ao Sistema Interligado Nacional”, diz o engenheiro de subestações, Jefferson Sobreira, do Projeto Novo Estado. Isto porque a eletricidade é fundamental para o desenvolvimento econômico e social e melhoria da qualidade de vida das pessoas.

As obras avançam lado a lado com as ações desenvolvidas junto às comunidades, como o incentivo ao empreendedorismo local, à geração de emprego e renda, e apoio às áreas de educação, saúde e segurança pública, entre outras iniciativas. “Com a conclusão das obras do Projeto Novo Estado haverá a melhora da segurança da infraestrutura energética, o que possibilitará novos investimentos na região”, afirma Leandro Magri, gerente do Projeto Novo Estado.

Após um ano, o projeto contabiliza cerca de 75% das fundações concluídas, e mais de 1.500 torres encontram-se montadas. Na área de meio ambiente, foram mais de 3.000 vistorias e diversas ações socioambientais que beneficiaram municípios da área de abrangência do empreendimento. “Realizamos visitas em algumas comunidades com a intenção de conhecer as principais necessidades para embasar nossa análise de investimento social privado. Além disso, no cenário atual da Covid-19, diversas doações estão sendo realizadas com o objetivo de apoiar o combate à pandemia”, explicou o consultor socioambiental do PNE, Frederico Paiva.

Diante da pandemia por Coronavírus, diversas ações de prevenção e cuidados com a saúde dos trabalhadores fazem parte do cronograma de atividades dentro e fora dos canteiros de obras. “Para garantir o avanço do projeto no período de pandemia, foram realizadas 101 campanhas de saúde no trabalho, além de diversas medidas de prevenção e testagem da Covid-19, com o objetivo de proteger a saúde dos colaboradores” afirma Grazielli Balieiro, enfermeira do trabalho.

Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui